Pensamentos: Entre dois mundos!

Lifestyle por Nanda
27/set
2015

As reviravoltas da vida são mesmo incríveis… Algumas notícias que para algumas pessoas são um peso, para outras são só leveza. São novos capítulos e oportunidades, realização e libertação. Pelo menos é isso que desejo para um amigo meu com quem eu aprendi a essência do que está contido na frase do Walt Whitman que escolhi para a imagem acima. Que saber julgar é importante, mas se prender a isso é um fardo. Que a curiosidade nos leva a descobrir um mundo novo lá fora e aqui dentro, e o quanto isso é livre. Aliás, a contradição entre pesado/leve é a mais misteriosa e ambígua de todas as contradições. É um enigma que me inspira, me motiva.

No século VI A.C., Parmênides fundou a metafísica ocidental, inaugurando algo radicalmente novo na filosofia ao considerar não os elementos, mas o abstrato. Para ele, tudo se dividia entre a dicotomia do caminho da verdade – alétheia – e o caminho da opinião – dóxa – aquilo onde não há nenhuma certeza. Mas nem mesmo ele consegui chegar a uma conclusão, pois ao dividir-se entre pesado/leve, escuridão/luz, quente/frio, como saber identificar o que é positivo/negativo, belo/feio?

O que é a vida senão a busca da verdade, ainda que baseada em opiniões e contradições tão incertas e mutáveis?

É uma pergunta que não se basta na resposta, mas nas suas possibilidades.
E se permitir viver isso é um ato de liberdade.

Posts Relacionados:

Deixe o seu comentário:

*obrigatório