Hotel Pantone: Cor e Conforto

Moda, Viagens por Nanda
30/nov
2012

Na última EuroTrip de Junho, decidi fazer algo diferente e fiquei hospedada só em hostels. Exceto em Bruxelas, onde o coração falou mais alto e eu me permiti uma excessão mais que desejada. A cidade da batata frita, do chocolate, do bonequinho que mija e do hotel mais colorido e fofo do mundo!

Eu TINHA que ficar nesse hotel. Sabe uma idéia fixa? Bem por aí, destino certo mesmo. Mas apesar de procurar bastante por informações na internet, ver um bocado de fotos legais, não encontrei muitas opiniões ou dicas consistentes sobre o local. Confiei na grife Pantone e fiz a reserva cruzando os dedos para dar tudo certo.
E deu! Vamos ver?

Logo que o taxi se aproximou, já suspirei com as varandas coloridinhas. Nessa hora que bateu curiosidade para saber em qual andar eu ficaria, porque cada andar é de uma cor: azul, verde, roxo, amarelo, laranja, vermelho, marrom. O hall e a recepção têm um mix de cores lindo! É uma decoração que não fica over, porque os pontos de cor contrastam com o fundo branco. Bem pop e cool graças ao projeto do designer de interiores Michel Penneman e do arquiteto Olivier Hannaert.

Vários souvenirs ficam disponíveis na recepção. Dá para comprar uma caneca e até uma bicicleta! Óbvio que eu queria uma cadeira roxa, o objeto mais simplesinho de carregar sozinha numa viagem #soqueNOT =P

O café da manhã não estava incluso (custava uns €20,00), com direito até a açúcar colorido! Mas eu achei que não valia a pena e fui nas padarias e cafés por perto.

Cartão em mãos, hora de conhecer o quarto!

AMARELO <3! Segundo o staff, o amarelo significa conforto e foi exatamente isso que senti quando me joguei de mosh naquela cama mega fofa king size! haha O quarto tbém segue a mesma proposta minimalista: todo branco, com cores vibrantes nos quadrinhos Pantone, na imagem do fotógrafo Victor Levy, na manta amarela e nas amenities da Mangueira verde e rosa. Vale dizer que o Free WiFi é veloz, tem safety box digital e a quantidade de tomadas é generosa (informação importante para quem quer carregar iPhone, iPad, câmera e ainda usar o secador ao mesmo tempo!\o/)

As duas únicas coisas que eu estranhei foram o piso e o papel higiênico. Na correria, esqueci de verificar o tipo de piso. Eu prefiro piso liso porque sou muito alérgica, do tipo que evita carpete. Ninguém merece rinite nas férias, né?! Ainda bem que o estado do carpete era ótimo, não me causou um espirro sequer! Já o papel higiênico, eles trocaram na hora.

Gostei bastante de ter ficado lá! Por dentro, é um hotel confortável e eficiênte, sem grandes luxos, com decoração divertida e staff bem simpático. Por fora, é bem localizado: a duas quadras do metrô Louise / Louiza e da Avenue Louise / Louizalaan recheada de lojas top como Chanel e afins. Além de ter muitas e muitas opções de restaurantes, lanchonetes, cafés, padarias e mercadinhos por perto. #gosti

O Hotel Pantone fica em Saint-Gilles / Sint-Gillis, comuna tranquila e segura ao lado do Centre / Centrum. É no centro de Bruxelas que 99% dos turistas ficam por causa da Grand Place / Grote Markt. Mas posso dizer que Bruxelas é muito mais que essa praça, que é linda sim, mas existem vários outros lugares legais e imperdíveis que descobri andando off centro. Mas isso fica para os próximos posts!

[OBS] Coloquei os nomes dos lugares em francês e neerlandês que são duas das três línguas oficiais da Bélgica, junto com o alemão. Espero que ajude! ;)

1 Place Loix / Loix-plein, 1060
Saint-Gilles / Sint-Gillis
Bruxelas
Bélgica
Metrô Louise / Louiza

Pantone Hotel Site

Posts Relacionados:

7 Comentários

  1. Evy comentou:

    O que houve com o papel higiênico ? Explica aí !

    • Nanda
      Nanda comentou:

      Aaaai tomei nojinho desse pepel higiênico rosa e verde. Sei lá!
      Prefiro os basiquinhos brancos mesmo =)

  2. Que dica sensacional, Nanda! Não sabia que existia esse hotel e fiquei totalmente empolgada pra ficar nele.
    Esperava conhecer Bruxelas no meu intercâmbio, mas infelizmente não deu certo ainda. E por um lado é bom porque, quem sabe, me programo pra ficar nesse hotel.
    É muito bom quando na viagem, até o local em que ficas, é um ponto turístico. Torna tudo mais interessante do que já seria. :)

    • Nanda
      Nanda comentou:

      Oi Tany!
      Espero que vc, quando for a Bruxelas, possa descobrir muitas coisas legais lá.
      E se precisar de qq dica, estou às ordens! =)
      Este hotel tem um custo-benefício bacana, tirando o café da manhã que poderia ser mais em conta, ou melhor, já estar incluso na diária.
      Ah sim! Este hotel sem dúvidas foi um ponto muito legal da viagem! ;)
      Beijs

  3. Thais Andrade comentou:

    /\ muito nojentinha né?
    ahuahsuahsuahsa

    • Nanda
      Nanda comentou:

      Tomei nojinho feitos os pôneis malditos! ahahahha ;P
      Beijos

  4. Pingback: O primeiro fashion hotel do Brasil!

Deixe o seu comentário:

*obrigatório