Um pouquinho sobre a santa moda! Amém!

Moda, Viagens por Nanda
12/mar
2013

Não só de Valentino, Gucci e Prada, que as compras são feitas em Roma! O circuito da moda, formado pelas Via del Corso e Via del Condotti, abriga a maior quantidade de lojas fashions – das mais fast, até as mais high – tem pra todo mundo! Mas logo ali perto, nas Via de Cestari e Via di Santa Chiara, existe outra concentração de lojas de roupas e acessórios um pouquinho diferente e dedicada a… moda eclesiástica!

Pois é, até eu fiquei admirada quando vi as vitrines! Num tava acreditando! Fiz algumas dessas fotos quando estive de férias em Roma e achei que daria um post propício ao momento. Nunca parei para pensar de onde vêm as roupas dos padres, freiras, seminaristas, bispos, cardeais,… Até dar de cara com várias lojas oferecendo uma variedade incrível de roupas religiosas para as mais diferentes ocasiões.

Faz sentido, porque junto com as pizzas al taglio, o que mais se vê pelas ruas de Roma são pessoas a serviço da Igreja Católica. Todo os anos, milhares de religiosos de várias partes do mundo vão à cidade para estudar, rezar, peregrinar, Deus sabe lá o que mais! Esse povo todo precisa se vestir, né? Eu não conheço nenhuma loja que venda esse tipo de roupa no Brasil e acredito que seja raridade em outros lugares. Por isso, imagino que muitos religiosos bem devem aproveitar a ocasião para fazer umas comprinhas.

Opções não faltam e até mesmo no universo fashion eclesiástico, existem marcas e marcas…

A Gammarelli é considerada a loja mais top. Para você ter ideia, a gente pode não saber ainda quem será o próximo Papa, mas já temos certeza absoluta que ele vestirá Gammarelli! A loja foi escolhida para produzir o conjunto de roupas de apresentação do novo Papa, composto por batina de lã branca (é inverno), capa de veludo vermelho com acabamento em pele (verdadeira ou sintética?), sapatos de couro vermelho e solidéu (tipo um chapeuzinho). Como o escolhido pelo Conclave deve se apresentar ao povo imediatamente trajado de Papa, tudo foi produzido em três tamanhos diferentes, para que não precise de ajustes. Todo esse cuidado tem motivo: O ex Papa Bento XVI advertiu a equipe da Gammarelli porque achou que as suas roupas de posse ficaram muito curtas. A Gammarelli foi fundada em 1798 e, de lá ora cá, já vestiu com exclusividade e muito luxo vários Papas. Mas na década de 60, o Segundo Concílio do Vaticano passou a exigir menos pompa e mais modéstia nas roupas litúrgicas, além de retirarem o título de fornecedora exclusiva da marca. Pode não ser mais a única, mas ainda é a favorita do Vaticano para produzir as roupas das ocasiões especiais, com requinte bien sûr!

Do outro lado da rua, na De Ritis ou na Euroclero, uma batina básica preta já pronta custa em torno de 60 Euros. Se for feita sob medida ou de outra cor, pode custar mais de 300 Euros. Mesmo assim, as roupas são mais minimalistas, com tecidos menos incrementados e bordados. Essas lojas já possuem uma gama de roupas prontas com mais preços acessíveis, ou seja, parece ou não com a santa C&A? Não é só a gente que adora um achadinho com preço especial! Amém!

Além dessas, existem outras lojas de roupas e acessórios liturgicos, olha só:

Na próxima Missa, capaz de rolar look do dia com o padre! Oi?!

Habemus Fashion!

Posts Relacionados:

Deixe o seu comentário:

*obrigatório